4 de setembro de 2012

Capítulo 3 - Fastlife (Parte 3)

- Não acredito que você caiu nessa! – ela disse gargalhando.
- O que? – eu disse não acreditando que ela tinha feito isso.
- Você achou o que Joe? Que eu me apaixonei por você e ia ficar triste e chorando pelos cantos porque você foi embora sem falar comigo? – ela disse com uma expressão levemente convencida no rosto.
- Não... Eu... – eu estava sem palavras. Ela era uma boa atriz!
- Bom, devo admitir que você aqui parado na minha porta me surpreendeu um pouco. – ela disse olhando para as unhas. – Pensei que fosse do tipo de uma noite só... – ela disse agora erguendo as sobrancelhas e olhando pra mim.
- Certo, agora que eu sei que era tudo brincadeira e não estou mais me sentindo um canalha – eu disse rindo de lado e ignorando o que ela havia acabado de dizer, mas ainda completamente confuso por dentro – Você pode aceitar meu convite? 
- Hum... Para onde vamos? – ela perguntou com ar de superioridade.
- Não sei... - eu disse dando de ombros – Você não gosta de viver perigosamente?

Ela abriu um sorriso que iluminou tudo a minha volta e senti meu coração disparar em resposta àquele simples ato.  Como ela conseguia?

- Tudo bem. Espera só um pouco enquanto me arrumo? – ela perguntou já dando passagem pra que eu adentrasse a sua casa.
- Claro! – eu disse sem conter o sorriso satisfeito em meu rosto.

Caminhei até o sofá e sentei-me. A casa dela era grande e possuía uma decoração simples, mas de extremo bom gosto. Apostaria meu carro que tinha sido ela quem decorou a casa. Na estante a frente do sofá havia algumas fotos. Levantei-me para ver mais de perto. Havia fotos de Demi pequena com um senhor ao seu lado que deduzi ser o pai dela. Fotos dela sozinha, sorrindo, fazendo pose de top model, com cabelos curtos, longos, em diversos estágios da vida dela. Desde bebê até os dias atuais. Não pude deixar de notar que ela sempre foi linda, desde criança. Estranhei não haver nenhuma foto de Demi com a mãe dela. Ao pensar nisso, franzi o cenho e repassei os olhos por todas as fotos. Não, realmente não havia foto de Demi com a mãe dela.

- Não adianta procurar. – ela disse atrás de mim fazendo-me sobressaltar de susto. Passei tanto tempo assim admirando as fotos?!
- O que? – eu perguntei virando-me pra ela.
- As fotos. Não tem nenhuma dela. – ela disse. Que isso?! Agora ela lê pensamentos também?!
- Como você sabe que eu estava procurando por isso? – perguntei intrigado.
- Todos perguntam isso. – ela disse dando de ombros e olhando para as fotos a sua frente.
- E posso perguntar por que não tem fotos dela? - eu disse de uma maneira delicada, não querendo parecer intrometido.
- Ela apenas não merece estar aí – ela disse abaixando a cabeça brevemente – Não nos momentos felizes da minha vida e do meu pai. – ela disse agora olhando pra mim e forçando um sorriso que saiu mais como uma caretinha fofa, mas que não escondia certa amargura.
- O que aconteceu com ela? – eu perguntei me aproximando um pouco mais dela.
- Ela só... – Demi pareceu hesitar e desviou o olhar de mim – Ela só foi embora.
- Eu sinto muito – eu disse sentindo certo aperto no coração. Minha vontade era abraçar Demi e protege-la de tudo que pudesse fazer mal a ela. Mas antes que eu pudesse fazer algo ela se manifestou.
- Mas isso já faz muito tempo. Não faz sentido ficarmos falando disso. – ela disse recuperando-se da conversa e voltando um sorriso pra mim, completou – Vamos?
- Vamos. – eu respondi com um aceno de cabeça ainda me sentindo profundamente angustiado com aquela situação.

Demetria tinha mais segredos do que eu supunha. Algo me dizia que tudo que ela havia se tornado, nada mais era que consequência de um passado obscuro e cheio de cicatrizes. Cicatrizes essas que pra ela ainda estavam muito expostas. Bastava olhar pra ela nesses momentos de sinceridade, momentos em que outra Demetria aparecia. Uma Demetria ferida.

Eu já havia presenciado dois desses momentos. E cada vez mais sentia uma vontade gigante de decifrá-la, de conhecer cada pedacinho do seu passado. Essa vontade crescia dentro de mim a cada segundo que eu passava ao seu lado. Não era mais por Nick. Não era mais SÓ por Nick! Era por MIM! Eu precisava saber mais sobre ela. Eu precisava saber o que fazer pra protegê-la. Eu precisava estar ao lado dela. Apenas isso!


Continua...


n/a: Olá!!! :))) antes de qualquer coisa: MUITO OBRIGADA!!! :DD do fundo do coração eu tô muito feliz que estejam gostando, muito feliz pelos comentários e ainda mais feliz pelas novas seguidoras!!! ~le eu emocionadíssima~ Fiquei tão feliz que decidi postar mais uma parte do cap hoje como forma de agradecimento!! :) Não está tão grande, mas espero que gostem! A próxima parte, a última do cap, é minha preferida e se vocês ouvirem a música vão saber o que vai acontecer... hahahaha... então espero vocês no próximo post! Beijos leitora lindas!! :**


COMENTÁRIOS RESPONDIDOS AQUI!

7 comentários:

  1. Tadinha da Demi!:(
    to cada vez mais curiosa pra saber que segredos são esses que ela esconde!
    Posta logo bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tadinha né?!
      eles serão revelados logo u.u
      postado!
      bjs!

      Excluir
  2. Demi misteriosa.........
    Posta logo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. AAAAAAAAAAAAA PRECISO DO PRÓXIMO CAPÍTULO, PELO AMOR DE DEUS! :D O JOE VAI PERGUNTAR PARA DEMI SOBRE OS MISTÉRIOS DA VIDA DELA? CARA, NECESSITO SABER O QUE VAI ACONTECER! MEU DEUS! MEU DEUS!
    POSTA LOGO ANTES QUE EU MORRA! :/
    BEIJOS, CAROL! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha...
      os segredos serão revelados em breve u.u
      postado linda, não morra... hahahah...
      bjs!!

      Excluir
  4. LINDO!! Desculpa só comentar agora, amor, e tá uma miséria, mas eu amei muitooo, de verdade! Ta cada vez mais incrível, sério! Posta logo, por favor! *-*

    Beijocas, Bruna <3

    ResponderExcluir

Comentem, lindas e façam uma autora feliz! :D