10 de dezembro de 2013

Capítulo Quatro

Have you seen that girl, have you seen her. She's the freakiest thing you gotta meet her. You'll do whatever it takes to get her by your side.” – Walks Like Rihanna, The Wanted.


No inicio ter minha visão de vários ângulos me incomodava. Era muito estranho poder ver cada detalhe de um movimento e saber se era esse o resultado que você queria ou não. Passei a odiar espelhos por alguns meses e não podia ver nenhum na minha frente. Depois passei a entender que nós - eu e o espelho - podíamos ser amigos. Desde então ele passou a ser meu melhor amigo. O único que me mostrava meus erros sem medo de me magoar, pois sabia que era pro meu bem. O único que sempre falou a verdade. Estar diante dele, enquanto treino os passos já incansavelmente ensaiados é como se estivéssemos conversando.
- Isso, assim esta ótimo! - ele dizia orgulhoso. - Não, não, agora ficou muito exagerado! Seja mais suave.
Eu sempre ouvia seus conselhos.
E esse é o momento em que você começa a me achar louca.
- Querida você ainda esta aqui? - senhora Mathews disse entrando na sala.
- É... Decidi treinar um pouco mais... - respondi meio ofegante.
Ela sorriu e acenou com a cabeça.
- Soube que foi até minha casa ontem. – ela disse sorrindo.
- Ah, é... Joseph me levou pra lá por que...
- Porque você estava sem dormir... – ela completou minha frase e respirou fundo. O sorrido desapareceu de seus lábios. – Você passou a noite ensaiando, não foi?
Não respondi, apenas baixei os olhos e respirei fundo.
- Querida, por que? – ela perguntou erguendo meu queixo para olhá-la.
- Eu precisava que os passos ficassem perfeitos! – disse sincera e quase suplicando pelo entendimento dela.
- Mas querida, você é perfeita! – ela disse sorrindo.
- A perfeição só vem com trabalho árduo. A senhora me ensinou isso! – eu disse firme.
- Eu sei que ensinei, mas se preocupar demais com isso pode fazer mal, meu amor. – ela disse com ar maternal e aquele sorriso doce nos lábios.
- O balé é a razão da minha vida, senhora Mathews. Eu preciso ser realmente boa nisso! – eu disse sendo o mais sincera possível.
Ela apenas sorriu e acariciou meu rosto.
- Um dia você irá entender que perfeição nem sempre é o que importa. – ela disse e sorriu, meio triste... – Mas, por hora apenas me prometa não cometer a loucura de deixar de dormir de novo!
- Eu prometo. – disse sorrindo e dando um abraço apertado na senhora que eu tanto queria bem.
Esperei que ela saísse e recomecei desde o inicio. Eu prometi não ficar mais sem dormir. Não disse nada sobre deixar de ensaiar.
 Rodopios e saltos executados uma, duas, três vezes. E quantas mais fosse preciso. Eu simplesmente perdia a noção do tempo quando ensaiava.
- Você não cansa não? - ouvi uma voz familiar me dirigir a palavra e soltei um risinho acompanhando de um suspiro de cansaço.
- Oi Joseph. - disse e sorri balançando a cabeça.
- É sério! Esse negócio todo de repetir a mesma coisa centenas de vezes deve ser chato pra cacete! - ele disse e cruzou os braços, encostando-se melhor na parede próximo a porta.
- A prática leva a perfeição. Já ouviu falar? - perguntei enquanto sentava no chão. Estava me rendendo ao pedido desesperado do meu corpo por descanso.
- Já sim, mas no seu caso esta levando a loucura... - ele disse e eu apenas ri. Não conseguia levá-lo a sério. Vai ver era pelo ar de deboche ou de ironia que sempre acompanhava cada palavra dita por ele.
- Bem, então serei uma louca perfeita ao menos... - olhei para ele sorrindo e senti um arrepio percorrer pela minha espinha quando notei que ele também sorria.
- Que tal você deixar de ser perfeita por um dia e me mostrar a cidade? - ele perguntou com uma sobrancelha levantada, como quem faz um pedido irrecusável.
Pensei por uns instantes e resolvi aceitar. Não custava nada fazer novos amigos.
- Tá certo. Mas você vai ter que esperar eu tomar um banho e tudo mais... - eu disse levantando-me e indo até minha bolsa.
- Não tem problema, só não vai tomar o banho perfeito se não ficaremos aqui a noite toda. - eu não pude deixar de rir com a "piada" e não respondi, apenas dei-lhe um tapa no braço ao passar por ele em direção a saída.

- Nossa! Você não se cansa de comer essas coisas gordurosas não? – ele disse, assim que entramos em uma pastelaria. Claro que foi ele quem sugeriu. E claro que ele estava curtindo com a minha cara.
- Haha, que engraçado você! – eu respondi sorrindo forçado. – Mas saiba que se o Gabriel não conseguir me carregar a culpa é inteiramente sua!
- Gabriel? O nome do seu noivo não era Maurício? – ele perguntou meio confuso.
- Gabriel é o bailarino que dança comigo. – respondi, prestando mais atenção no cardápio do que no que dizia. – Nunca pensei que pastel pudesse ter tantos recheios!
- Bom, eu já escolhi. Vou ficar com esse de frango e cheddar, porque é a única coisa que não parece tão estranha pra mim. – Joseph respondeu e disse o número do pastel para o garçom.
- Eu vou querer o de calabresa com cheddar. – disse diretamente ao garçom.
- Você também enfia o pé na jaca mesmo né? – ele disse rindo.
- Quem tá na chuva é pra se molhar, não é o que dizem? – eu respondi dando de ombros.
- Então... Quando vou receber o convite pro casamento? – ele perguntou de maneira presunçosa.
- Quem disse que você será convidado?
- Eu disse. – ele respondeu, prático.
- Alguém já te disse que você é muito arrogante? – perguntei de maneira sincera. Eu realmente queria saber isso.
- Devem ter dito, mas é lógico que eu não dei a mínima. – ele respondeu simplesmente.
- Então é isso o que você faz?  - perguntei enquanto o garçom colocava copos e molhos sobre a mesa.
- O quê? – ele perguntou confuso.
- Quando recebe uma crítica. Você finge que não ouve?
- É... Bem por aí. – ele disse dando de ombros.
Fiquei calada enquanto o observava o garçom chegar com nossos pedidos e Joseph começa a comer. Como alguém conseguia não ligar pra outras opiniões? Como ele conseguia não se deixar abater quando era criticado?
- Come. – ele disse apontando pro pastel em minhas mãos. – Frio deve ficar horrível.
Eu sorri e dei uma mordida. Mas meus pensamentos já não estavam ali.

- Juro! Nunca mais como essa coisa. – disse enquanto procurava um analgésico em minha bolsa.
- Mas só na sua cabeça que a combinação calabresa e chadder não teria sal a beça! – ele disse enquanto guiava meu carro.
-Caramba, minha cabeça vai explodir! – disse no momento em que encontrei a cartelinha de remédio dentro de um dos bolsos “secretos” da minha bolsa. - Dobra na próxima a esquerda. – eu disse antes de por o comprimido na boca e engoli-lo. – É essa toda branca com portão preto.
- Bom, está entregue. – ele disse puxando o freio de mão.
- E como você vai voltar pra casa? - perguntei preocupada.
- Eu pego um táxi, pode deixar. – ele disse e saltou do carro. Eu fiz o mesmo.
- Obrigado pela companhia. – ele disse colocando as mãos no bolso.
- Por nada. – eu disse e sorri.
- Quando vamos fazer isso de novo? – ele perguntou meio desinteressado e, por um momento, me perguntei se essa despretensão era fingida. – Você sabe. Eu não conheço ninguém aqui sem ser você e minha mãe.
- Tudo bem, a gente pode marcar alguma coisa. – eu disse e sorri. – Aproveito a oportunidade e te apresento o meu noivo. Vocês vão se dar super bem.
- Tenho certeza que sim. – ele disse e baixou os olhos sorrindo de alguma coisa que eu não compreendi, mas decidi não perguntar.  – Vou indo, então.
- Tá certo. – eu disse meio sem saber o que fazer. - Tchau.
- Tchau. – ele disse e virou-se se pondo a caminhar, mas antes que desse três passos voltou-se pra mim novamente – Ah, antes que eu esqueça, pode me chamar apenas de Joe. Você sabe, Joseph é muito formal.
Eu ri e concordei levemente com a cabeça.


Continua...

* “Você viu aquela garota? Você a viu? Ela é a coisa mais maluca, você tem que conhecê-la. Você vai fazer o que for preciso para levá-la ao seu lado.”



n/a: Oie! :) Mais um capítulo cheinho de Jemi! <3 Acho que tô sendo muito legal com vocês... Sei não, acho que tá na hora de dar uma mudada nisso u.u kkkk Bem, mais uma vez o desastre gastronômico do recheio de cheddar com calabresa fica por conta da minha irmã e pra quem interessa ela ficou sim morrendo de dor de cabeça porque a pressão dela subiu levemente e passou a noite vomitando :/ Por tanto, não façam isso em casa! u.u kkk Enfim, amores meus, volto em breve com o capítulo cinco e falando sério, não se acostumem só com sorrisos... :x Comentem tá, babies! Beijos e até a próxima! :***

Divulgação>>>>>>> http://iloveyouforevermylove.blogspot.com bem, recebi esse pedido de divulgação, mas pra mim aparece 'Permissão negada'. Porém pediram pra divulgar e aí está! ;D







16 comentários:

  1. Só de pensar em calabresa me da uma coisa ruim..:P
    Não so muito calabresa..hsuhahs..Ainda mais agora..u.u
    Outch
    hahaha
    Posta Logoo
    Ta lindo..
    <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. aishdbiasnci sorte sua! u.u kkkk
      obrigada amore! :D
      beijos! :***

      Excluir
  2. Heeey , venho acompanhando seu blog a muito tempo mas só fui comentar agora , desculpa :(
    Eu amo suas histórias , e essa ainda mais ..
    Posta logo , bjs
    Ass: vivi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, amore, não precisa se desculpar! ;)
      fico feliz em saber que está gostando da fic, de verdade! <3
      obrigada! *-*
      beijos baby! :***

      Excluir
  3. Que capítulo perfeito
    Como sempre divaaa
    To amando tudo
    Posta logoo
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus quem é que vai morrer?? Sei que vc ñ vai não vai responder, mas não custa nada tentar, né kk
    E que historia é essa de momentos MauDemi???? Tava muito bom pra ser verdade todos esses capitulos com momentos Jemi.
    Mas eu sinto que agora que o bichovai começar a pegar :/
    Enfim o capitulo ficou maravilhoso sammy, amando demais essa fic *---* E eu to muito curiosa pra saber quais as emoções dos proximos capitulos :D
    Posta Logoo!! Morreeeeendo de curiosidade aqui.
    Mil beijos :***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :x SEGREDO DE ESTADO!
      kkk valeu a tentativa ;D
      exatamente isso que vc lerá - ou já leu- no cap. postado :)
      é... as coisas vão começar a acontecer, mas o fato que vai mudar tudo virá como um BUM!
      obrigada amore! <3
      guenta o core aí hahaha
      beijoooos! :***

      Excluir
  5. Sammyyyyyyyyyyyyyyyyy! então alguém vai morrer? hummmm acertei uma parte broegfbveuo é o Maurício? coitado tô jogando praga KKKKKKK mas é que tipo, eu não acho que a Demi seria capaz de acabar com o noivado por causa do Joe, eu não acho que ela faria isso... mas se ele morrer... ai cruzes, parei vjfbgidbvpk enfim, mais um capítulo Jemi É DISSO QUE O POVO GOSTA bcfogvebuvpfeo awn que continue assim e não, não concordo, não acho que tá na hora de mudar nada pelamor, deixa Jemi viveeeeer ivgefoilbvelov eu tô afim de te matar por causa desse cap. MauDemi, mas eu vou aguentar só porque eu sei que vai compensar quando tiver Jemi <3 <3 <3 jvbgifbdl ai morri eu tô viciada nessa fic cara que jfiohvidvd ai enfim, posta tá? por favor porque eu tô tento uma crise aqui chfrlvhiodbv
    te amo, beijocas!
    POSTAAAA jvhfhrdpivçdp

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acertou uma parte mesmo, mas o resto não posso ajudar! :x
      khsdgiabibifasndiuhfu eu deixo jemi viver, mas é que outras coisas são necessárias por enquanto! u.u
      NÃO SE MATE, POR FAVOR!!!
      kjdsnijsnvjn
      calma, calma, não entremos em pânico! u.u
      amo vc! <3
      beijooooos! :***

      Excluir
  6. Divulga? http://umalovaticparasempre.blogspot.com.br/ Obg

    ResponderExcluir
  7. Aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaah, sua linda, superou minhas expectativas, esse capitulo ta tipo muiiitooooo me possua kkkkkkkkk
    serio, vc e o que abençoada, por que tudo que vc escreve faz eu te amar mais aindaaaaaa
    Que historia e essa de não se acostumem com sorrisos o que você pretende fazer? não a senhorita não vai mudar nadinha, vai continuar assim, se não eu te bato Sammy, faz nada nao, o povo gosta de Jemi, se nao pode fazer isso com a gente, meu amor
    Cara viciei nessa fic posta logo please, eu need dessa fic pra viver,tipo jbdisbfshvfuipshbfuiasf , se não pode fazer isso, sem surpresas, so Jemi
    Mas, vem cá alguém vai morrer? eu aposto na senhora Mathews ou no Mauricio, acertei?
    te amoo, beijoooooos
    Posta logo, sua linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hdsgfhiucbniadnfiudb que bom que superei! \o/
      nossa, linda, obrigada! <3
      aaaaaaaaahhhhhhhh não me bata! :c mas tive que fazer isso... é necessário!
      e pode admitir que foi fofo! u.u kk
      surpresas virão e algumas delas já deram sinal de vida :x
      sim, alguém morrerá, mas não posso falar quem é :x
      amoooo vc, tbm! <3
      beijooooooooos! :****

      Excluir
  8. você escreve mt bem, cara. sério mesmo suas fics são pftas ♡
    me deu pena de Joe quando ela disse q ia apresentar o noivo dela é ele :c
    jemii tem q acontecer logo e eu sei q vai ser pft pq vc sempre surpreende a gente ♡
    poste logo sammy (:
    P.S será q vc pode divulgar meu blog?
    causemyheartisyour.blogspot.com
    dá uma olhadinha se puder, juro q vc não vai se arrepender :D
    grata desde já (:
    beijoss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, linda! <3
      xará, inclusive ;) hahaha
      own, Jemi será perfeito, mas calma... tem um lancezinho pra acontecer antes u.u :X
      claro que divulgo!
      já sigo seu blog amore e sempre que posso dou uma lida nas suas fics!
      vc tbm escreve super bem, sério mesmo!
      beijooos! :***

      Excluir

Comentem, lindas e façam uma autora feliz! :D