8 de agosto de 2013

Six

Fazia apenas alguns minutos que estava ali, sentada na beirada da cama, limpando as feridas daquele desconhecido que, ironicamente, parecia tão familiar. Contornando delicadamente os traços no rosto do garoto que dormia inocentemente, Demi poderia jurar que conhecia aquela fisionomia. Mas de onde?

Quanto tempo é necessário para que laços de proximidade sejam construídos? Quanto tempo até você saber que certa pessoa já significa algo pra você? Existe tempo certo pra isso? Demi não sabia dizer e, no entanto, se sentia estranhamente ligada àquele de quem cuidava.

- Você sabia que não podia estar aqui, não é mesmo? – Mike perguntou, agachando-se ao lado da menina.
- É... Acho que sei. – Demi deu de ombros e sorriu brevemente.
- Ele vai ficar bem. – Mike disse, agora olhando para o amigo.
- Isso já aconteceu antes? – Demi perguntou meio sem jeito.
-Já. – Mike disse em tom razoavelmente baixo. – E vem se tornando mais frequente.
- Não seria o caso de avisar à família? – Demi perguntou.
- Ele não quer... – Mike disse e abaixou a cabeça. – Bem, eu tenho que resolver umas coisas... Pode ficar com ele por um tempo?
- Claro! – Demi respondeu de imediato e sorriu docemente, arrancando um sorriso de agradecimento de Mike.

Já sozinha no quarto, a garota olhou curiosa a sua volta. Roupas jogadas em cabides lotados, meias e sapatos espalhados pelo chão, armários e paredes com pôsteres de mulheres, carros e jogos, alguns livros empilhados na escrivaninha e apenas uma cama arrumada. Demi tinha certeza que era a de Mike. Antes que pudesse chegar às fotos de familiares, a garota ouviu um gemido vindo do desconhecido e andou rapidamente até a cama.  

- Ei, tá tudo bem... – Demi disse ajoelhando-se ao lado. – Você vai ficar bem.

Demi podia notar que o garoto fazia uma força sobre-humana para abrir os olhos e reagir àquilo, mas não conseguia. Como forma de apoio, a menina segurou a mão do rapaz que, por reflexo talvez, segurou forte, como se nunca mais fosse soltar.

Com cuidado, Demi passou a mão livre nos cabelos do garoto, em um carinho reconfortante. Era estranho dizer, mas ela sentia necessidade de acalmar, de cuidar e de passar segurança a essa pessoas que ela mal conhecia. Mas a resposta pra isso veio em forma de uma fisgada na parte interna da coxa, onde agora a ferida tentava cicatrizar novamente. Claro que Demi tinha que ajudar, ela já esteve do outro lado. Aliás, Demi sempre esteve do outro lado.

Mais gemidos desconexos se seguiram e, em certo momento, Demi teve a certeza de ouvir seu nome. Besteira, claro! Como poderia? O garoto nem a conhecia... A garota teve certeza de estava carente demais e até esboçou um risinho com a própria constatação.

- Mike? – dessa vez ela pode distinguir o que o rapaz dizia.
- Não, o Mike não está... Mas você não está sozinho. – Demi disse, docemente, como quem conversa com uma criança.
- Quem... Quem é você? – o rapaz disse de forma arrastada, tentado abrir os olhos e focar alguma imagem.
- Você não me conhece, mas teremos oportunidade pra isso... Agora apenas descanse. – a garota respondeu, passando a mão pelos cabelos do rapaz.
- Preciso... Banho. – o garoto disse.

Demi mordeu os lábios sem saber o que fazer, mas teve que agir por impulso, uma vez que o rapaz já se encontrava usando toda a sua força para se por de pé. Então a menina ajudou como pode, carregando uma parte do peso do corpo do garoto em volta de seu pescoço. Ao chegar ao banheiro, Demi o ajudou a sentar no chão e, a pedido do garoto, abriu o chuveiro. A menina fez menção de sair do lugar, mas o garoto a chamou de volta. Ele não queria ficar sozinho. Então, Demi ficou ali, observando a água fria cair por sobre a pele daquele que ela não sabia quem era.

- Como me achou? – foi a primeira pergunta feita.
- Ouvi seus gemidos... – Demi disse, simplesmente.

Silêncio.

- Como me trouxe até aqui? – outra pergunta.
- Seu amigo me ajudou... – outra resposta prática.

Silêncio.

- Quem é você? – a pergunta quase certa.
- Aluna nova. Cheguei hoje. – resposta quase esclarecedora.

Silêncio.

- Qual seu nome? – bingo!
-Demi.

O garoto ergueu os olhos de imediato, sem acreditar que tinha ouvido certo. Seria possível? Não. A menina tinha sotaque britânico. Mas tinha traços tão parecidos...

- Como? – o garoto quis ter certeza de que tinha ouvido certo.
- Demi... É apelido, meu nome mesmo é...
- Demetria. – O garoto completou a frase, deixando a menina sem fala.
- Como sabe? – ela perguntou.
- Alguém muito importante pra mim também se chama Demetria. – ele disse, meio sem jeito e fazendo a garota corar.
- E o seu nome? – agora ela queria saber.
- Joe. – ele disse simplesmente.

A menina deixou o queixou cair. Não podia ser!

- Joe de Joseph? – ela perguntou.
- É... – ele respondeu intrigado.
- Não acredito... – ela disse em um sussurro. – Isso não é coincidência. Eu sabia que conhecia você!
- Conhecia a mim? – ele não entendeu.
- A Demi que você conhece foi embora pra Londres com 10 anos certo? – a essa altura já havia lágrimas nos olhos da garota.
- Certo... – Joe disse enquanto levantava-se e desligava o chuveiro.
- E a última coisa que você disse pra ela foi “não se esquece de mim”? – Demi disse já com lágrimas caindo em seu rosto.
- Como você...? – Joe não conseguiu terminar. Ele não estava acreditando.

Demi não pode mais segurar. Caiu em prantos com o rosto escondido nas mãos e então Joe soube. Aquela garota na sua frente era “sua Demi”. Ele não sabia como, mas quando deu por si já a abraçava e acariciava seus cabelos, molhando a roupa da garota, enquanto ela retribuía o abraço de forma desesperada.

Seguros. Era como eles estavam agora e podiam passar a eternidade assim. Não havia quarto, nem faculdade, nem centenas de pessoas... Havia apenas eles. E depois de tantos anos, era apenas isso que importava!




Continua...



n/a: Oi lindas! <3 Eu sei que esse capítulo tá bem pequeno, mas tive que dividir esse momento em duas partes porque se não ficaria enorme! .-. Espero que entendam e gostem do capítulo mesmo assim... Eu amei! ^^ Bom, quero avisar que segunda (12.08) volto para a faculdade, mas estou fazendo o possível pra deixar a fic bem adiantada pra que eu não fique muito tempo sem postar... E por hoje é isso :) Não esqueçam de comentar e conversar comigo, amo vocês! <33 Bjus e até a próximo post! :***



COMENTÁRIOS RESPONDIDOS AQUI



12 comentários:

  1. :OOOOO OMG finalmente!!!!!!!!!!! ahiufshkcx tava demorando pra eles se encontrarem u-u oxê eu não me incomodaria de ler um capítulo enorme u-u asjdl
    Ai gente que perfeito *o* agora eu preciso saber como a Demi vai reagir ao lembrar que ela encontrou o Joe todo acabado aidihj ai gente fiquei curiosa kkkk
    Tá maravilhoso Sammy, Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FINALMENTE! u.u
      jhdflahlfhlahsdlk
      ele meio que desconversou né?! :/
      mas calma, tudo terá seu tempo! hehehe
      Obrigada, linda!
      Bjus! :**

      Excluir
  2. AAAAH OMG QUE REENCONTRO LINDO!!! Eu deixei algumas lágrimas cair :')
    Mas eu não me importaria de em ler um capitulo grande, mas mesmo assim tá bom :D
    Eu quero logo que a Demi vá pro quarto dela! Quero ver o que irá acontecer com ela e as colegas de quartos...
    To sem ideia pra comentar, então vai ser só isso por enquanto!!
    Beijos linda <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. own *-* fico feliz que tenha gostado!
      fhsalfhlsakhlfkhalkjf
      hmmm, essa parada om as amigas só próximo capítulo, eu acho.. :x kkkk é que não lembro agora! :/
      bjus, amore! :**

      Excluir
  3. Diva
    Quase que eu tive um ataque cardíaco....que perfeição foi essa... Jesus !!!
    Posta posta posta logooo
    To muito feliz mesmo
    Beijos linda *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, meu amooor!! <33
      segura esse coração que ainda vem muita coisa pela frente! u.u
      sjdhfldkshlfkhalkfh
      bjus, amoooore! :***

      Excluir
  4. AAAA CARA QUE FELICIDADE OFDGSULO MEU DEUS LNGORWUBVO SOCORRO ME DEIXA VER O PRÓXIMO POR FAVOR VAI OGFVUS JESUS BOSBUO MEU CORAÇÃO VAI PARAR DESSE JEITO sammy, como assim cara efsbosuv morri sério agora *-* posta logo por favor, ta mais que perfeito e agora esses dois tem que aproveitar que têm o apoio um do outro e melhorar :((
    postaaaa
    te amo, beijocas,
    Brubs <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kfjvlslkdfjlsdkjflkjdlfhjlc
      calma!!! kkk já postei o capítulo, não morra! kkk
      vem muita coisa por aí, meu bem... aguenta esse oração aí ;)
      amo-te <3
      bjuuus! :***

      Excluir
  5. aaaaaaaaaaaamei ...nossa, que reencontro lindo (apesar de tudo)
    adorei mesmo, super ansiosa para o próximo!

    possssssta logooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou amor!! <33
      obrigada! *-*
      postei!
      bjuuus! :***

      Excluir
  6. Meu Deus que lindo. ;) Apesar da situação foi lindo.
    Agora eles tem um ao outro pra se apoiar.
    Postaaa logooo Quero saber o que eles vão dizer.

    Postaaa mais please

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, amore! <3
      apoio de amigo é tudo né?! ;)
      postei :D
      bjuuus, linda! :***

      Excluir

Comentem, lindas e façam uma autora feliz! :D