20 de outubro de 2012

Mini Fic - Just Say Yes


Coloquem a musiquinha pra carregar e só soltem ao meu sinal certo?! Enjoy! ;)

***


Joe’s POV

Apartamento do Joe, New York, 10:20 p.m.

- Eu estou a ponto de enlouquecer, essa garota vai me enlouquecer. – eu dizia pro meu irmão, Nick, enquanto andava de um lado pro outro em meu quarto.
- Calma bro, você sabe que ela te ama. – ele respondeu sentado na cama e me olhando com uma expressão compreensiva.
- Ama? Será que ama mesmo? – eu disse rindo debochado – É sempre assim Nick, ela aparece, a gente se beija, transa e depois ela diz que tem que ir embora.... Como isso pode ser amor?
- Isso acontece há três anos Joe, se ela não te amasse, já teria cansado de você. – ele disse como se isso fosse a coisa mais óbvia do mundo.
- Então por quê? Porque ela faz isso comigo? – eu perguntei, sentando na cama, derrotado.
- Não sei... – ele respondeu colocando a mão em meu ombro em sinal de consolo.

Era assim que eu ficava toda vez que ela reaparecia em minha vida. Desde o dia em que conheci Demetria durante uma viagem a Paris, minha vida havia se transformado em uma completa bagunça. Passamos todo o tempo juntos em Paris, ela não era de lá, também estava a trabalho na cidade.

Uma semana. Apenas uma semana foi o suficiente pra que eu me apaixonasse, perdidamente, por uma garota de cabelos loiros e olhos castanhos. Demetria era a personificação da mulher perfeita, a mulher que eu sempre sonhei em ter.

Antes de voltar para Nova York, trocamos telefones e-mails.  Nos comunicávamos com frequência, e vez ou outra ela vinha de Nova Jersey me visitar e então eu tinha os melhores dias da minha vida.

A duração dessas visitas variava de acordo com o trabalho que ela tinha na cidade, o maior espaço de tempo que ela permaneceu na cidade foram três semanas. Demetria sempre ficava em meu apartamento e eu adorava isso.

Nunca conversávamos sobre o que tínhamos. No início, apenas não achávamos necessário falar sobre o assunto, depois o medo de descobrir o que sentíamos um pelo outro falou mais alto. Por mais que não fosse dito, ambos sabíamos o que acontecia entre a gente. Era um sentimento tão forte, que se fosse esclarecido e posto em pratos limpos, machucaria demais. Afinal, ela morava em outra cidade.

Nos dois primeiros anos era fácil e até cômodo pra mim. Tinha uma mulher linda, que passava algumas semanas comigo e depois ia embora. Sem cobranças, sem chateações... Enfim, sem a parte chata de todo o relacionamento. Mas de um tempo pra cá, isso não estava mais sendo o suficiente pra mim. Eu sentia falta dela em cada segundo da minha vida e as ligações, que antes aconteciam apenas uma ou duas vezes na semana, agora eram mais frequente, quase todo o dia.

Da parte dela, sempre uma incógnita. Ela dizia que gostava de estar ao meu lado e que, se pudesse mudaria para Nova York o quanto antes. Nunca dissemos que nos amávamos, em minha opinião, não era necessário. Isso era nítido em nossos olhares.

Então, as visitas dela começaram a me machucar. Eu ficava extremamente feliz com a chegada dela, mas meu coração se partia em mil pedaços toda vez que ela votava pra sua cidade. Eu sentia a mesma tristeza nos olhos dela quando dizíamos adeus.

E lá estava eu, definhando com a ausência dela e chorando minhas dores com meu irmão mais novo. Demetria tinha voltado pra Nova Jersey havia pouco mais de uma hora e a conversa que tivemos antes dela embarcar no voo ainda ecoava em minha cabeça.

Aeroporto de Nova York, 9:00 p.m.

- Odeio me despedir de você – ela disse ainda com os lábios encostados nos meus.
- Então não se despeça mais – eu disse ainda de olhos fechados e sentindo a proximidade dela me entorpecer.
- Você sabe que não posso. – ela disse choramingando.

Eu bufei e me afastei dela. Passei as mãos pelo cabelo nervoso.

- Demi, você sabe que pode – eu disse controlando meu nervosismo – Você pode conseguir um emprego na filial da sua empresa aqui e você sabe que pode morar comigo.
- Não é tão simples assim Joe – ela disse negando com a cabeça.
- Claro que é Demi, mas parece que você é quem não quer. – eu disse me sentindo mais irritado.
- Joe, eu tenho uma vida em Nova Jersey – ela disse colocando as mãos na cintura – eu não posso simplesmente abandonar tudo e vir pra cá.
- Você tem muito mais chances de crescer aqui em Nova York do que lá Demi, você sabe disso. – eu falei cerrando os olhos.
- Olha, eu não quero discutir com você tá legal – ela disse pegando a mala dela – É melhor eu embarcar de uma vez.

Ela se virou e começou a caminhar em direção ao portão, eu fechei os olhos com força e praguejei baixo. Porque eu não conseguia ficar com raiva dela? Corri atrás de Demi e a puxei, delicadamente, pelo braço.

- Me desculpa... Eu só... – suspirei derrotado – Eu só não aguento mais essa situação.
- Nem eu Joe – ela disse com lágrimas nos olhos – E por isso que eu acho melhor a gente parar por aqui.

Eu arregalei os olhos e demorei alguns minutos pra assimilar o que ela havia dito e assim que meu cérebro processou a informação me desesperei. Não! Não era o que eu queria. Por mais que a situação machucasse, eu não queria ficar longe dela, por mais irônico que isso fosse.

- Não Demi! – exclamei nervoso – Por favor, não faz isso...
- Joe, você não vê que isso machuca a gente – ela disse e uma lágrima escorreu pelos olhos dela.
- Por favor, não me deixa – eu disse sentindo meus olhos arderem.
- Não vê como isso é irônico Joe – ela disse dando um risinho sem humor – Porque de uma maneira ou de outra, eu vou embora.

Demetria se aproximou de mim selando nossos lábios sem se demorar muito, virou-se pro portão de embarque e sumiu no corredor. Era pra ser só mais uma vez, mas parecia ser a última.

Apartamento do Joe, 10:30 p.m.

Deitei em minha cama fitado o teto branco. Nick continuou sentado olhando a parede. Meus pensamentos rodopiavam em minha cabeça e meu coração estava em pedaços, ela não podia ter me deixado. Eu devia ter ficado calado, não devia ter cobrado nada dela.

Fechei os olhos e a imagem de Demi veio em minha cabeça, linda com aquele sorriso que iluminava todo o ambiente em que estávamos. Naquele instante eu soube que não conseguiria viver mais nem um minuto sem aquele sorriso. Abri meus olhos e levantei da cama em um pulo.

- Já sei o que fazer bro – eu disse sorrindo e colocando uma camisa qualquer.
- O que? – Nick perguntou confuso.
- Vou atrás dela – eu disse calçando meu tênis desajeitadamente – Vou até Nova Jersey atrás dela.
- Agora? – ele perguntou com as sobrancelhas erguidas.
- Nesse exato momento – disse pegando a chave do carro – Vem Nick, alguém tem que trazer meu carro de volta.

Meu irmão despertou dos pensamentos e me seguiu em direção ao carro. Durante todo o caminho ouvi Nick dizer como isso era insano e como eu poderia me arrepender depois, não dei ouvidos, sabia exatamente o que estava fazendo.

Antes de chegar no aeroporto, passei em uma loja e comprei algo que me ajudaria em meu plano. Nada podia dar errado. O próximo voo pra Nova Jersey saía em dez minutos. Ótimo, em poucos instantes estaríamos juntos mais uma vez e, se tudo desse certo, não seria a última vez.

Nova Jersey, 12:00 a.m.

Assim que cheguei em Nova Jersey, liguei pro Nick avisando que estava tudo bem. Minha ligação seguinte foi para meu chefe e logo depois disquei o número que saberia discar de olhos fechados.

- Alô? – Demetria atendeu com a voz sonolenta.
- Desculpa te acordar linda – eu disse sorrindo enquanto olhava as luzes que passavam depressa pela janela do taxi – Mas eu preciso que você me diga seu endereço completo.
- Porque Joe? – ela disse com a voz mais alerta.
- Quero te mandar um presente, anda logo! – eu disse rindo de canto.

Demi me passou o endereço e eu repeti em voz alta para que o motorista do taxi ouvisse. Ele logo mudou a rota em que estávamos, virando em uma rua a direita. Demi insistia pra que eu dissesse o que era e eu a enrolava como podia, até finalmente parar em frente ao prédio dela.
Paguei a corrida e desci do taxi ainda com Demi no outro lado da linha, pensei em como conseguiria subir sem ser anunciado e depois de muito pensar tive uma ideia.

- Demi, pode esperar só um instante? – eu perguntei enquanto andava até o porteiro do prédio.
- Claro – ela respondeu, totalmente confusa. Afinal, nós não tínhamos terminado?

Tapei o telefone com a mão e me aproximei do porteiro. Contei a ele toda a história e meu plano pra essa noite, mostrei até o visor do meu celular como prova de que estava falando com Demi, fiz ate ela dizer algumas palavras pra ele ter certeza de que era, de fato, Demetria no outro lado da linha.

Por fim, consegui convencê-lo e ele liberou minha entrada, agradeci fervorosamente e ele respondeu com um “Boa sorte meu rapaz”. Voltei a enrolar Demi no telefone enquanto esperava o elevador e durante minha subida no mesmo.

Assim que cheguei ao sexto andar do prédio avistei três portas no andar, mas a que eu procurava ficava no fim do corredor, do lado direito. Fiquei de frente pra porta que tinha os números 205 pregados nela. Toquei a campainha e a ouvi ecoar em meus ouvidos, pelo celular.

- Melhor atender a porta – eu disse segurando o riso e sentindo meu nervosismo crescer.

Demi resmungou ao telefone e eu segurei ainda mais o riso, ela achava que era o porteiro com algum aviso sobre o condomínio, já que ninguém havia sido anunciado. Segundos depois ouvi o barulho da chave na fechadura e a maçaneta rodar.

Quando os olhos de Demi pousaram em mim, ela os arregalou e ficou em estado de choque. Eu sorri e disse um "oi" tímido, ela continuava em completo estado de perplexidade, abriu e fechou a boca várias vezes, mas não pronunciou uma palavra sequer.

- Hm, acho que podemos desligar o telefone agora – eu disse desencostando o aparelho da orelha e vendo-a fazer o mesmo de um modo muito mais lento que o meu – Não vai me convidar pra entrar?
- Ah... Cla...Claro! – ela gaguejou piscando várias vezes e, logo em seguida, me dando passagem para adentrar ao apartamento dela.
- O que você faz aqui? – ela perguntou assim que fechou a porta.
- Vim concertar um erro – eu disse encarando-a.
- Erro? – ela perguntou confusa.
- Digamos que eu não concordei com o que você disse há algumas horas atrás no aeroporto – eu disse dando de ombros e sorrindo de canto.
- Com o que eu disse? – ela ainda estava confusa.
- Nós não precisamos terminar Demi – eu disse, me aproximando dela – Seja lá o que for que a gente tenha, não precisa acabar.
- Joe eu já disse...
- Shiii – eu disse eu dei um selinho nela, segurando o rosto dela entre minhas mãos – Só me escuta, pode ser?

Ela balançou a cabeça afirmativamente e eu respirei fundo pra começar a falar!

(n/a: aperte o play aí lindas! :D)

- Demi, depois que sai do aeroporto fui pra casa completamente atordoado – eu comecei a dizer – Não sabia exatamente o que estava sentindo, mas meu peito doía só de lembrar das suas palavras. Eu nuca quis isso, nunca quis que acabasse.

I'm running out of ways to make you see
(Eu estou ficando sem alternativas pra fazer com que você veja)
I want you to stay here beside me
(Eu quero que você fique aqui ao meu lado)
I won't be ok and I won't pretend I am
(Eu não vou ficar legal e não vou fingir que estou)
So just tell me today and take my hand
(Então apenas me diga hoje e segure minha mão)
Please take my hand
(Por favor, segure minha mão)
Please take my hand
(Por favor, segure minha mão)
Please take my hand
(Por favor, segure minha mão)
Please take my hand
(Por favor, segure minha mão)

- Eu cheguei em casa e comecei a me perguntar porque estava me sentindo tão mal – eu continuei – Liguei pro Nick e o chamei pra conversar, desabafei tudo o que estava sentindo e, ainda assim, sentia um peso sobre meu peito. Uma sensação ruim, que não saia de mim.

Just say yes
(Apenas diga sim)
Just say there's nothing holding you back
(Apenas diga que não há nada te impedindo)
It's not a test nor a trick of the mind
(Isso não é um teste nem um truque da mente)
Only love
(Apenas amor)

- E então foi só fechar os olhos que seu sorriso veio em minha mente, como uma forma de me mostrar o que, lá no fundo, eu já sabia – eu disse e vi uma lágrima teimosa descer dos olhos de Demi – Eu amo você Demetria e eu não consigo mais viver longe de você.

It's so simple and you know it is
(É tão simples e você sabe que é)
You know it is
(Você sabe que é)

- A gente não pode mais viver assim Demi – eu continuei olhando firme nos olhos dela, agora completamente banhando em lágrimas – Foi por isso que peguei o primeiro voo e vim te encontrar, foi por isso que liguei pro meu chefe e pedi minha transferência pra cá, foi por isso que antes de chegar no aeroporto eu comprei isso.

Então, tirei do bolso uma caixinha preta de veludo e a abri, deixando amostra um anel de prata com uma pedra reluzente ao centro. Demi abriu a boca e as lágrimas correram com mais velocidade por seu rosto.

We can't be to and fro like this all our lives
(Nós não podemos ficar indo e vindo assim por toda a nossa vida)
You're the only way to me
(Você é o único caminho pra mim)
The path is clear
(O caminho é claro)
What do I have to say to you
(O que tenho a lhe dizer)
For God's sake, dear
(Pelo amor de Deus, querida)
For God's sake, dear
(Pelo amor de Deus, querida)
For God's sake, dear
(Pelo amor de Deus, querida)
For God's sake, dear
(Pelo amor de Deus, querida)
For God's sake, dear
(Pelo amor de Deus, querida)

Ajoelhei-me em frente a ela e segurei sua mão direita, olhei nos olhos castanhos que tanto amava e respirei fundo, completamente certo do que estava fazendo. Não me importava em largar tudo por ela, não me importava em, nesse exato minuto, não ter onde morar ali em Nova Jersey, nem tão pouco me importava em começar do zero na empresa. A única coisa que importava realmente era ela, e todo o futuro que teríamos pela frente.

Just say yes
(Apenas diga sim)
Just say there's nothing holding you back
(Apenas diga que não há nada te impedindo)
It's not a test nor a trick of the mind
(Isso não é um teste nem um truque da mente)
Only love
(Apenas amor)

- Demetria – eu comecei a falar, sentindo minha voz falhar devido ao nó que se formou em minha garganta – Você aceita ficar comigo pra sempre? Dividir as coisas boas e as ruins também; Aceita fazer parte da minha vida definitivamente? Aceita carregar meu sobrenome e ser a futura mãe dos meus filhos? Aceita ser minha por todo o resto de vida que ainda temos? Demi, você aceita se casar comigo?

Demi levou as mãos ao rosto e começou a chorar ainda mais, eu levantei e a abracei forte, sentindo meu coração pulsar em meu peito, no mesmo compasso do dela. Demi me apertava com toda a força que tinha e seu corpo balançava fortemente devido aos soluços do choro.

I can feel your heart beat through my shirt
(Eu posso sentir seu coração bater através da minha camisa)
This is all I wanted
(Isso é tudo o que eu queria)
All I want
(Tudo o que eu quero)
It's all I want
(É tudo o que eu quero)
It's all I want
(É tudo o que eu quero)
It's all I want
(É tudo o que eu quero)
It's all I want
(É tudo o que eu quero)

- Apenas diga que sim Demi – eu disse sussurrando no ouvido dela ainda a abraçando forte – Diz que quer ficar comigo e que tudo isso o que fiz valeu a pena. Por favor...

Demi separou o abraço e me olhou nos olhos. Passou a mão por meu rosto em um carinho delicado.

- É tudo o que eu mais quero Joe – ela disse e sorriu.

Por mais lindo que tenha sido o sorriso dela, tenho certeza que não se compara ao que surgiu no meu rosto ao ouvi-la falar que me queria. Que aceitava ser minha e de mais ninguém. Pra sempre!

Just say yes just say there's nothing holding you back
(Apenas diga sim, apenas diga que não há nada te impedindo)
It's not a test nor a trick of the mind
(Isso não é um teste nem um truque da mente)
Only love
(Apenas amor)
Just say yes cuz I'm aching I know you are too
(Apenas diga sim porque eu estou sentindo saudades e sei que você também está)
For the touch of you warm skin as
(Do toque da sua pele quente quando)
I'll breathe you in
(Eu sinto seu cheiro)

Peguei o anel da caixinha e coloquei delicadamente em seu dedo anelar direito. Demi sorria e chorava ao mesmo tempo e eu sentia meu rosto ser molhado por algumas lágrimas. Esse era o momento mais feliz da minha vida. Nunca imaginei sentir algo tão forte por alguém. Nunca imaginei que jogaria tudo pro alto em nome desse sentimento. Nunca imaginei que uma simples viagem de negócios mudaria a minha vida.

Selei meus lábios aos de Demi e a abracei forte. Ela seria minha agora e para todo o sempre. Meu coração pulsava forte em meu peito e parecia que explodiria a qualquer momento. Separei nossos lábios e afundei meu rosto na curva do pescoço de Demi.

- Eu amo você Demi! – eu disse em um sussurro.
- Eu também amo você Joe! – ela respondeu e eu pude ter certeza que poderia ficar daquele jeito pra sempre. Abraçado a ela e ouvindo-a dizer que me ama.

Nada poderia ser mais perfeito!


“A consciência de amar e ser amado traz um conforto e riqueza à vida que nada mais consegue trazer.” – Oscar Wilde


Fim.


n/a: Oi lindas!! Posso falar? AMO essa mini fic, na minha opinião, é a melhor que já escrevi! *.* Acho ela perfeita em todos os sentidos: no enrredo, na música (que eu amo e acho lindíssima), e no jeito como ela é narrada. Enfim, é meu xodó! ;)) Mas me digam o que VOCÊS, leitoras lindas, acharam... gostaram, a outra foi melhor? Pode falar, não se reprima... hahaha... Olha, eu escrevi outra mini fic nesse meio tempo o que quer dizer que sábado que vem tem mais! \o/ e essa que virá é DE FATO importante, pois conta um pedaço da minha vida! :S Ah, meu namorado viu TODOS os parabéns de vocês e ficou só sorrisos :DD Fato histórico, ele entrar no blog u.u enfim, ele pediu pra agradecer a todas vocês, então: OBRIGADA LINDAS!! <3 É isso lindas, comentem, conversem comigo e até o próximo post! Bjs! :**


Comentários Respondidos Aqui

22 comentários:

  1. Mdsss! Eu chorei MUITO lendo essa mini-fic!
    Muito perfeita, pfvr ):
    Sinceramente? Eu gostei muito da outra, mas eu AMEI essa!
    Parabéns pela criatividade, haha
    Posta logo!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Own, muito obrigada linda! *.*
      Essa fic é meu xodó, como disse, porque AMO essa música e foi uma ideia que surgiu na minha cabeça do nada e eu achei perfeita! :D
      Que bom que gostou linda!
      Postei!
      Bjs!

      Excluir
  2. perfeito to syspirando de emoçao
    posta logo

    ResponderExcluir
  3. AMEI AMEI !
    A fic foi linda , perfeita , Amei *-*
    E eu estou como a Aléxia agorei a outra nini fic mas essa foi muuuuuito perfeita *-*
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUITO obrigada linda!
      que bom que gostou! <33
      Bjs linda!!

      Excluir
  4. Bem... eu tbm bem essa melhor do que a outra kk mas eu amei as duas!
    Cara, vc tá pronta pra escrever um livro u.u quero o meu autografado por favor u.u tsc tsc kkk
    EBAA \O/ OUTRA MINI-FIC *o*!!!
    kkk o que o seu namorado vai fazer no blog?? ele não disse q é coisa de menininha??? U_U
    Ele nunca leu suas fic não?? kk coloca pra ele ler oras, ai ele decide se é coisa de menininha ou não!!

    Beijos & Queijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que essa ficou melhor u.u
      escrever um livro?? kkkkkk, que isso gente...
      sim, outra mini fic e é essa será mais do que especial pra mim!
      kkkkkkk, ele veio ler os parabéns! :)
      NÃO! eu morreria de vergonha, ele leu a Fastlife e eu quase faleci! >.<
      Bjs linda! :**

      Excluir
  5. Own ele foi atras dela e a pediu em casamento!
    Foi tão fofo o que ele fez!
    Uhul outra mini fic \o/
    Posta logo!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo né?! *.*
      Acho que eu morria se isso acontecesse comigo! :D
      yes, outra mini fic virá! ;)
      Postei baby!
      Bjs!

      Excluir
  6. a linda , entao somos duas porque eu achei essa fic uma das melhoresss ta perfeita bjs ate mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. own, que bom que gostou linda! *.*
      muito obrigada!
      Bjs baby! :**

      Excluir
  7. QUEEEEEEEEEEE LINDOOOOOOOOOOO *u* OWN GENTE QUERIA SÓ TER VISTO A CARA DA DEMI,TIPO O.O KKKKKKKKK MTO HILÁRIO KKKKK LINDA AMEI *w*

    BEIIJONAS ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ter sido cômico mesmo! kkkkkkk
      :DD que bom que gostou linda!
      Bjs! :**

      Excluir
  8. eu amei, achei muito fofo. a duas fics foram ótimas + achei a outra mais legal sei lá tinha + conteúdo, drama, e claro o final feliz (: amo. suas histórias são muito boas, então fica dificil escolher uma.
    bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo... :D
      Sem problemas gostar mais da outra ;))
      hahaha... obrigada linda!
      fico feliz que tenha gostado!
      Bjs! :**

      Excluir
  9. Hooy Floor ;)
    Pode divulgar meu blog?
    http://causemyheartisyour.blogspot.com.br/
    Dá uma olhada nele, pliss ? Se gostar segue?
    Beijos, Samara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá xará! ;))
      Divulgado linda!
      eu já sigo baby!
      Bjs! :**

      Excluir
  10. Sammy!
    OMG cara a mini fic foi perfeita! <3 Meu Deus, como você consegue? Se na primeira eu já chorei demais, nessa quase alago meu quarto! :( Porém, confesso que gostei mais de Far Away, desculpa babe! :/ Mas, essa também é perfeita, tá?! <3
    Já tem outra mini fic escrita? Meu Deus, você é a criatividade em pessoa! :O Hahahaha estou morrendo de ansiedade para ler. (acho que já deu para perceber que eu sou a curiosidade em pessoa, né?! ¬¬) Aeee seu namorado leu o blog! Ele ainda acha que é coisa de menininha? u.u Hahahahahaha
    Já falei demais, vish! :X
    Posta logo!
    Ah, a Nise já postou o capítulo 10! :D
    Beijos, Carol! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha, sem problemas, eu gosto mais dessa, mas vocês não são obrigadas a concordar comigo certo?! ;))
      Fico feliz que tenha gostado!
      Já tenho sim, e essa mini fic será muito especial!
      hahaha, percebi sua curiosidade sim! kkkk
      Ele leu só os comentários de parabéns, se ele ser Sweet Seveteen um dia eu morro de vergonha!!! >.< hahaha
      Postei linda!
      e, assim que postar aqui, corro lá pra ler!
      Bjs! :**

      Excluir
  11. faltava eu né!, kkkk deem liceça pra mim, kkk
    adooorei
    taaa phoda posta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faltava mesmo! u_u
      kkkkkk
      que bom que gostou baby!
      Postei!
      Bjs! :**

      Excluir

Comentem, lindas e façam uma autora feliz! :D