14 de setembro de 2013

Seventeen

- Ora, ora... Se não é meu amigo Joe! – Brian disse assim que viu o garoto entrar pela porta do quarto.
- Cala a boca! – Joe disse furioso. – Eu disse pra você ficar longe dela!

Brian mantinha um sorriso cínico no rosto o que deixou Joe ainda mais irritado.

- Você, por acaso, perguntou da sua amiguinha se ela quer que eu suma? – Brian perguntou e Joe teve vontade de socar a cara dele.
- Não interessa, eu quero que você fique longe dela! – ele vociferou no instante em que Mike entrou no quarto.
- Está tudo bem por aqui? – o recém-chegado perguntou olhando de Brian pra Joe e depois fazendo o caminho inverso.
- Vai ficar assim que o Brian deixar a Demi em paz. – Joe disse sem tirar os olhos de Brian.
- Não esquenta... – Brian disse caminhando devagar até Joe. – Ela não faz meu tipo.

Joe nada disse, apenas encarou o rapaz que estava a centímetros do seu rosto.

- Além do mais. – Brian continuou. – Ela é muito sem graça... Realmente não faz meu estilo.
- Então não chega mais perto dela! – Joe disse com o maxilar travado.
- Não vou! – Bian disse sério e depois deu leves tapinhas no ombro de Joe e saiu do quarto.

Assim que ouviu a porta bater Joe descontou toda a sua raiva no armário de roupas, onde deixou marcado seu punho direito.

- Ei, cara, calma! – Mike disse segurando o amigo e o ajudando a sentar na cama. O corpo de Joe tremia por inteiro.
- Ele me fez brigar com ela. – Joe disse olhando para o amigo. – A Demi deve estar me odiando, Mike!
- Claro, que não! A Demi jamais odiaria você. – Mike tentou confortar o amigo.

Joe riu descrente. Mas antes que ele pudesse dizer algo a porta abriu abruptamente tomando a atenção dos dois.

- Selena? O que faz aqui? – Mike disse pondo-se de pé.
- Joe... – ela disse ofegante e visivelmente controlando o choro. – Você precisa vir comigo.
- O que aconteceu? – Joe perguntou aflito.
- A Demi... – ela disse e as lágrimas que rolaram pelo seu rosto fez a garganta de Joe fechar e seu coração acelerar.
- O que tem a Demi, Selena? – ele disse avançando em direção a menina que agora chorava.
- Ela... Ela... – Selena gaguejou e Joe entrou em pânico.
- Ela o que Selena, fala logo? – ele praticamente gritou assustando a menina.
- É melhor você vir comigo. – ela disse puxando o garoto pela mão.

Seguiram em passos acelerados até o quarto onde estava Demi. Selena abriu a porta e deu passagem para que Joe passasse. O que ele viu foi uma imagem pior que a de qualquer filme de terror.

Demi estava deitada em sua cama, desacordada e tinha vergões vermelhos por todo o corpo e no rosto. Alguns ainda sangravam, fazendo com que tudo parecesse ainda pior, visto que ela estava coberta de sangue. Miley estava sentada ao seu lado limpando as feridas e fungando baixo, vez ou outra ela enxugava as lágrimas que caiam pelo rosto.

- Como... – a voz de Joe quase não saiu, então ele pigarreou pra limpar a garganta. – Como isso aconteceu?
- Eu não sei... – Miley disse chorando. – Eu cheguei no banheiro e ela estava assim.
- Ela tem que ir pra um hospital. – Joe disse enquanto se aproximava da cama e sentava ao lado da amiga.
- Eu disse a mesma coisa. – Selena disse também chorando.
- Não! – My vociferou. – Eu prometi que não deixaria ninguém saber disso e eu vou cumprir!
- My ela pode morrer! – Sel disse chegando mais perto da amiga.
- Cala a boca Selena, ela não vai morrer! – Miley gritou e fez a amiga recuar. – Eu vou cuidar dela.
- Porque ela fez isso? – Selena perguntou sentando-se em sua cama.

Joe sabia o porquê e a pergunta feita por Selena só o fez despertar para a realidade. Demi estava desse jeito por sua culpa. Ele foi um idiota com sua amiga mesmo sabendo por todos os problemas que ela passava. Como ele havia sido estúpido!

- Eu preciso ir... – Joe disse sentindo as mãos coçarem e o sentimento de culpa o assolar junto com uma dor tamanha que ele não soube mensurar.
- Mas Joe e se a Demi acordar? – Selena perguntou.
- Ela tem ótimas amigas, sei que cuidarão dela! Além do mais, eu devo ser a última pessoa que ela vai querer ver...  – e com essas palavras Joe saiu do quarto.

Sua garganta ardia e sua cabeça girava, sentia o suor descendo pela testa e seu corpo todo pedia por apenas uma coisa. A única que conseguia acalmá-lo e deixa-lo sem dor, sem culpa... E foi movido por esse pensamento que ele chegou, inconscientemente, no pior lugar que poderia ter ido. Bateu duas vezes na porta e foi atendido de prontidão.

- Tô precisando de mais daqueles pacotinhos. – ele disse para um Brian sorridente do lado de dentro do quarto.



Continua...


n/a: Oi minhas lindas! ;) Desculpa pela demora viu, mas como já disse muitas vezes a faculdade está me enlouquecendo :x Bem, eu não gosto muito desse capítulo, mas ele é necessário e não tive tempo de reescrever, então espero que me perdoem por ele estar meio ruimzinho :/ Enfim, prometo não demorar muito pra postar o próximo tá?! Até lá então, amores! <33 Beijos! :**

16 comentários:

  1. Hey, sério.. eu fico mal só de ler sobre isso, imagina as pessoas que passam por situações desse nível... Deve ser aterrorizante!
    Que merda... tudo dando errado
    Posta logo #Ansiosa
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser mesmo :/ o triste é quem nem todos tem o apoio de pessoas que o amam ao seu redor pra dar a volta por cima :(
      calma, tudo começará a dar certo... ou não :x
      hehehe
      bjus! :**

      Excluir
  2. Diva,
    O.M.G.
    Os Dois Tiveram uma recaida...mais no começo e assim...mais depois quando param e para valer. ~assim espero~.
    tá perfeito como sempre divando u.u pode fazer um livro ~vou ser uma das primeiras a comprar~ kkkkkkk.
    posta logo minha diva
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. recaída sempre acontecem, principalmente quando é tudo muito recente... Mas sim, depois as coisas ficam mais fáceis! ;)
      Obrigada, minha linda! <3
      kkkkk
      beijos, amore! :**

      Excluir
  3. meu Deus,lá vai o Joe se drogar de novo! Posta logo,amore,beijos
    #sono

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :x triste...
      kkkkk sei como é isso! ;)
      beijos, amor! :**

      Excluir
  4. OMG '-'
    Joe vai se drogar de novo =(
    Demi dodoi
    Aiii não sei se tem estruturas pra isso não
    POSTA LOGOOOO
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauahuahua
      calma, linda, no final tudo dá certo... ou não :x
      beijooos! :**

      Excluir
  5. Nossa, sua fic é muito forte e bem tocante!
    Gostei!
    Posta logo!
    Poderia divulgar?
    http://historias-da-pietra.blogspot.com.br/2013/09/prologo.html
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, fico feliz que tem gostado! ;)
      divulgo sim ;)
      beijos! :**

      Excluir
  6. DE NOVO NÃO JOEEEEE! QUE ÓDIO! Espero que a Demi melhore logo e que os dois parem com isso ): eles precisam se ajudar. Posta logo, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eles precisam se ajudar sim, mas antes de tudo precisam querer seram ajudados certo?! :X
      bjooos! :***

      Excluir
  7. EU NÃO<< ACREDITO QUE O JOSEPH FEZ ISSO cara que raiva, meu Deus jbvildgfuovbr ele não podeeeeee :( a Demi tem que melhorar, diz que ela vai ficar bem por favor fvrcnebfiv e que ela e o Joe vão ficar bem juntos, que vai voltar ao normal (ou melhor) \õ\õ
    Posta logo cheviyli tô amando, tô apaixonada, viciada, angustiada, sei lá, tô morrendo
    te amo
    beijocaaaas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pois fez... :( ela vai ficar bem sim :)
      quanto ao resto vc já deve ter descoberto hahaha
      kkkk não morra kk:D
      amo- te <3
      bjooos! :**

      Excluir
  8. porqueeeeeeeeeeeeee, qual o problema do joseph em ficar ali mesmo com a demi mau aieeee vou matar ele ))):
    posta logooooo
    selinho pra vc diva http://souljemi.blogspot.com.br/2013/09/selinho-e-divulgacoes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não mate meu personagem princiapaal!! kkkk ;)
      obrigada pelo selinho amor! <33
      bjuus! :**

      Excluir

Comentem, lindas e façam uma autora feliz! :D